terça-feira, 6 de março de 2012

Ficou mais fácil abrir empresas em Itamarandiba

Itamarandiba é contemplada com unidade do Minas Fácil

Apenas duas cidades do Vale possuem este serviço
Itamarandiba passa a contar com unidade de atendimento da Junta Comercial de Minas Gerais.
Itamarandiba é a mais nova cidade a ser contemplada com uma unidade de atendimento da Junta Comercial do Estado de Minas Gerais- JUCEMG, através do Minas Fácil, programa do Governo do Estado que busca a simplificação e desburocratização do processo de abertura de empresas a partir de um novo modelo de gestão pública. 
A instalação da unidade em Itamarandiba cria um ambiente favorável aos negócios, já que o processo informatizado e simplificado de documentação diminui de cem para menos de dez dias o tempo gasto para abertura de uma empresa. 
A Junta Comercial está para a pessoa jurídica assim como o Cartório de Registro Civil está para a pessoa física, vez que é na Junta Comercial que 'nasce' a pessoa jurídica com o registro de seus atos constitutivos. 
Além de facilitar o processo de abertura com o registro das sociedades empresárias e do empresário individual com uma única visita ao órgão, a Unidade do Minas Fácil também facilita o acesso ao serviço público para alterações contratuais, como a alteração do objeto social, transformações, abertura de filiais e alteração de nomes de sócios e controle da sociedade empresária ou seu encerramento, por exemplo. 
A Unidade do Minas Fácil em Itamarandiba é uma conquista não só da cidade, mas da região e vai beneficiar o empresariado e a comunidade de uma forma geral. 
A Prefeitura Municipal é a grande parceira da JUCEMG na cidade. De acordo com a assessoria de comunicação do município, o executivo local cedeu um imóvel adequado para a implantação da unidade, além de recursos humanos. A previsão é de que ainda neste trimestre a unidade entre em funcionamento. 
A Unidade Minas Fácil Itamarandiba funcionará na Rua Capitão Paula, no centro comercial da cidade, em frente ao Edificio Serra Negra. No mesmo imóvel, também serão inauguradas as novas instalações da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil - OAB-MG e o recém criado Posto do Sistema Nacional de Emprego - SINE.
 
Itamarandiba-MG: Minas Fácil vai estimular a abertura de empresas na cidade.


No Vale, além de Itamarandiba, apenas
Salinas possui este serviço 
Este programa de desburocratização de abertura de empresas é de fundamental importância para o desenvolvimento econômico regional. No site do Minas Fácil há a seguinte informação:
O Minas Fácil é um serviço prestado pela Junta Comercial do Estado de Minas Gerais - Jucemg em parceria com diversos órgãos (Receita Federal do Brasil – RFB, Secretaria de Estado de Fazenda – SEF/MG, Secretaria de Estado de Meio Ambiente – SEMAD, Vigilância Sanitária - VISA, Corpo de Bombeiros Militar – CBMMG e Prefeituras Municipais) e apoiado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, por meio do Projeto Estruturador Descomplicar.

Pelo serviço Minas Fácil, o empreendedor pode abrir o seu negócio de maneira simplificada e ágil, em no máximo 8 dias.
Então, pergunto: por que o Vale do Jequitinhonha só conta com este Posto de Atendimento de Itamarandiba e outro em Salinas?
Pelo menos, é o que consta no site do Programa. Confira lá: 
Por que as Prefeituras de cidades-pólo do Vale como Diamantina, Capelinha, Minas Novas, Araçuaí, Almenara e Taiobeiras ainda não providenciaram a instalação de um Posto de Atendimento do Minas Fácil?

Tento responder: porque a maioria das administrações municipais não se preocupa com a questão econômica que gera riqueza e empregos formais para o município, inclusive impostos para a receita municipal. A maioria fica embrulhada com as demandas varejistas dos cidadãos.
E mais: é preciso que estas unidades de atendimento orientem os empreendedores a conhecerem as vantagens do Microempreendedor Individual que regulamenta a vida de trabalhadores por conta própria como pedreiros, eletricistas, sacoleiras, taxistas ou de dono de pequenos negócios que possuem até um empregado.
A maioria dos contadores não dá esta orientação pois perdem receitas nos seus serviços prestados. Abrir empresa como Microempreendedor Individual é mais simples ainda que a abertura de uma microempresa.

Nenhum comentário: