quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Pelo menos 37 pessoas morreram afogadas e em acidentes de trânsito durante o Carnaval em Minas Gerais

últimas notícias



Belo-horizontino de 53 anos morreu afogado na represa de Três Marias; outras 16 pessoas morreram afogadas neste Carnaval em Minas Gerais
Pelo menos 37 pessoas morreram em ocorrências de afogamento e acidentes em Minas Gerais, no período de 17 a 21 de fevereiro. Ao todo, 17 pessoas morreram em lagoas, represas e cachoeiras do Estado, de acordo com o balanço parcial do Corpo de Bombeiros divulgado nesta Quarta-feira de Cinzas (22). Nos 24 acidentes nas rodovias estaduais e federais que cortam Minas Gerais, os bombeiros registraram 20 mortos e 58 feridos. O dia mais violento nas estradas foi o sábado (18) de Carnaval. Segundo os bombeiros, 13 pessoas morreram nesse dia e 30 ficaram feridas. 
 
Um balanço parcial da Polícia Rodoviária Federal (PRF), divulgado na segunda (20), durante a Operação Carnaval 2012, entre a sexta-feira (16) e sábado (18), 14 pessoas morreram apenas nas rodovias federais - no ano passado foram 11 mortes no mesmo período. Houve, portanto, um aumento de 21,4%. Apenas nesta terça-feira (21), seis pessoas morreram nas estradas federais e estaduais de Minas Gerais. Em levamentamento feito pelo corpo de bombeiros de 29 pessoas morreram no período do Carnaval. A PRF vai divulgar um balanço final das ocorrências nesta quinta-feira (23). O levantamento de  não contou a morte de um homem com deficiência mental, que se jogou nos eixos de uma carreta, na MG-050 em Mateus Leme, na Grande BH, nesta quarta. 
 
Já em relação aos mortos vítimas de afogamentos o dia mais trágico foi essa terça-feira (21), último dia de Carnaval, conforme o balanço parcial dos bombeiros, 10 pessoas morreram afogadas em cachoeiras, lagoas e represas mineiras. Quatro pessoas ficaram feridas após se afogarem, de acordo com os bombeiros. 
 
Em Pompéu, na região Central do Estado, equipe de mergulhadores do 7º BBM, localizou e resgatou o corpo de um belo-horizontino de 53 anos. Ele se afogou na represa de Três Marias, num local conhecido como Fazenda Curral Velho. O corpo depois de resgatado pelos mergulhadores, foi entregue para o Instituto Médico Legal da cidade. 
Um pescador, de 64 anos, morreu afogado após ficar preso na rede de pesca na zona rural de Janaúba, no Norte de Minas, nesta terça-feira (21). Ele e um amigo, de 36 anos, se afogaram na barragem Bico da Pedra, em um local conhecido como Ilha do Pantanal. O amigo dele teve escoriações e foi socorrido pelos bombeiros para o Hospital de Pronto Socorro de Janaúba, em estado estável.

Nenhum comentário: