sábado, 17 de dezembro de 2011

Capelinhense grávida é morta por namorado em Belo Horizonte



A mulher foi atingida com dois tiros na barriga
A briga motivada por ciúmes terminou em morte em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte. Nascida em Capelinha, a vítima, a diarista Adna Priscila Alves da Silva, de 26 anos, foi morar na capital para cuidar de uma tia doente. Segundo a Polícia Militar, o jardineiro Alexandre Rodrigues da Silva,
de 29 anos, matou a noiva, a tiros após um desentendimento na noite de domingo (11). A briga e o barulho dos disparos foram ouvidos por vizinhos, que acionaram socorro. Adna foi atingida na barriga por dois tiros de arma calibre 38. A diarista morreu antes de ser socorrida. "Quando chegamos ao local, a jovem já estava sem vida", disse o cabo Ladson, da Polícia Militar.
Apesar das constantes brigas presenciadas pelos vizinhos no bairro Jardim Canadá, os jovens estavam de casamento marcado para esse final de semana. "O casamento já estava marcado no civil e, apesar do ciúme dele, Adna estava feliz", disse o irmão da vítima Vanderley Alves da Silva, de 23 anos.

Vizinhos do casal disseram que a diarista estaria grávida, o que teria desagradado ao jardineiro. "Ele não gostou de saber que ela estava esperando um filho e que teria que dividir a atenção dela", contou uma vizinha que pediu para não ser identificada. Além de muito ciumento, o jardineiro seria usuário de drogas e consumia bebidas alcoólicas. O autor ainda não foi encontrado.
Vítima deixa filha de nove anos

"Depois que nossa tia morreu, ela quis continuar a morar aqui", contou o irmão Vanderley Alves da Silva. Além dos irmãos e da mãe, a diarista deixou uma filha de nove anos. "Minha sobrinha está em choque", disse Vanderley.

A família acredita que o suspeito Alexandre Silva já tinha agredido a noiva. "Na semana passada, ela havia dito que não iria se casar mais. Depois, ligou para minha mãe dizendo que mudou de ideia", contou o irmão.

Nenhum comentário: